National Geographic Channel

http://assets.natgeotv.com/Shows/19606.jpg
  • O SEXO NA IDADE DA PEDRA

SOBRE O PROGRAMA

O fragmento de um osso cor-de-rosa e um dente com o dobro do tamanho de um molar humano – como os conhecemos hoje em dia – são os únicos indícios de uma espécie que, sabemos agora, viveu no mesmo tempo e local que os humanos modernos – e com eles procriou.

São uma parte de nós que não sabíamos existir.

Como é que estas “pessoas” eram? E como é que se integraram naquilo que pensávamos saber sobre o nosso desenvolvimento biológico como espécie?
Ler mais

O Sexo na Idade da Pedra no Facebook

Receba as novidades no seu perfil. Clique aqui
PUBLICIDADE